A Globo tá de ressaca.

pig-cria-crises

No Bom-dia Brasil ontem Miriam Leitão puxou o grito de guerra e Carlos Alberto Sardenberg lhe acompanhou no Jornal das Dez: “Se o Governo não entregar a meta de superávit primário prevista na LDO, estará cometendo crime de responsabilidade !!!”. Só faltaram lançar a hashtag ‪#‎PrendeMantega‬.

Também no Jornal das 10 da Globo News, Merval Pereira arrastou Renata Lo Prete e Gerson Camarotti para o bloco dos golpistas, sentenciado o futuro governo Dilma: “Essa estória de ‘união de todos’, querendo conversar diretamente com o povo não pode !!! Dispensar o congresso, não !!”

Essa turma não aprende. Perde a eleição e ainda quer dizer como o vencedor tem que governar.

Talvez o fato de dever seu nascimento, ascensão e consolidação aos regimes autoritários faça a Globo achar que conversar com o verdadeiro dono do poder numa democracia – o povo, sempre soberano – atente contra as instituições. É exatamente o contrário.

Dos protestos da praça Tarhir no Egito, passando pelas primaveras dos povos árabes, dos protestos no Brasil em 2013 à revolução dos guarda-chuvas em Honk Kong atualmente, todas as manifestações tem um traço em comum: o déficit democrático dos governos no que se refere a ouvir o povo.

A sociedade cada vez mais digitalizada protesta pra ser ouvida, quer opinar, interferir nos destinos dos governos que elege.

Os jovens que vão comandar o mundo no século XXI lutam para ter aquilo que Merval Pereira, Miriam Leitão e a Globo condenam: mais voz, mais direito a interferir no destino de seu país.

A vitória apertada de Dilma não foi so um recado para o PT.

Foi um aviso claro para a imprensa golpista que tenta dirigir o Brasil que o brasileiro quer ser dono do seu nariz, do seu destino, das suas escolhas.

Que diga o povo pernambucano, responsavel pela mais espetacular repulsa ao voto de cabestro da eleição 2014: a gratidão a Eduardo Campos, com a eleição do seu indicado Paulo Câmara no primeiro turno se converteu numa impressionante derrota do mesmo PSB na eleição presidencial: Aécio Neves, o PSB, dona Renata Campos e toda sua filharada tiveram que engolir uma esmagadora vitória do PT por 70% x 30%.

Sera que um dia essa turma aprende as lições de uma derrota ou sua cabeça so funciona no modo vingança?

Compartilhe nossa pagina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *