O que está por trás do neofascismo brasileiro?

imagesJá  teve a sensação de que a coisa mais nociva que surgiu no Brasil nos últimos 500 anos foi o lulopetismo?

Que se Lula não tivesse surgido, hoje viveriamos numa Noruega?

Stanley Burburinho (quem é mesmo Stanley  Burburinho?) joga uma luz sobre a hiper-guinada à direita conduzida pelo lado mais perverso e conservador da sociedade brasileira:

POR CSR SILVA/FACEBOOK

Junte os pontos:

1- Em 2005, Jorge Bornhausen diz que a direita brasileira vai se ver livre dessa raça por pelo menos 30 anos. “Essa raça” é o PT de Lula e Dilma.

2- 2016. A comunicação do governo golpista usa técnica subliminar do partido nazista para explicar a PEC 241: “Precisamos tirar o Brasil do vermelho”. O vermelho é a bandeira do partido de Lula e Dilma.

3- O Globo diz, no dia seguinte à apuração das urnas no Rio, no domingo, que o ponto fraco da candidatura Freixo é que alguns setores da sociedade o associam ao PT de Lula e Dilma.

4- Em São Paulo, João Dória se elege no primeiro turno, com a mídia partidária pisando na cabeça do candidato petista e com o empresário, numa dessas profecias que agora viraram rotina, dizendo que mandará “entregar chocolates a Lula na prisão”.

5- Na terça-feira, Marcelo Freixo, acenando para a parcela da sociedade sinalizada pelo Jornal dos Marinho de segunda, diz, sem que ninguém o tenha perguntado, que não aceitará a presença de Lula em seu palanque no Rio de Janeiro, pois, segundo ele, o golpe já foi discutido e agora não cabe mais fazer esse debate.

6- Quarta-feira, 5 de outubro, Lula é indiciado pela Polícia Federal para delírio da Globo, do PIG em geral e da direita fascista nas Redes Sociais.

Junte essas peças e inclua outras que, por ventura, possa lhe ocorrer e você fatalmente verá que tudo faz parte da mesma engrenagem: ódio de classe, fascismo, a direita usando o que pode e não pode (mídia, justiça, partidos aliados e auxiliares) para matar de vez a esperança do povo brasileiro de viver num país um pouco menos desigual e socialmente mais justo. Esperança essa, como todos eles sabem muito bem, ainda simbolizada no nordestino barbudo que fundou um partido na porta da fábrica onde era peão, debaixo das barbas da elite mais perversa desse mundo, concorreu democraticamente a quatro eleições, e um dia, ao chegar lá, retirou do flagelo da fome e da miséria milhares de brasileiros.”

 

Compartilhe nossa pagina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *