Pra onde vai a #Lava-Jato? Com a resposta, os coxinhas da república

coxinhaPor Paulo Henrique Amorim – Conversa Afiada

http://www.conversaafiada.com.br/politica/2015/02/22/abc-dos-procuradores-fanfarroes/

Vamos fazer um exercício de psiquiatria-cum-politica, uma especialidade da casa.

Quem são esses bravateiros do MP que pretendem salvar o Brasil da corrupção – e do PT ?

São uns coxinhas, filhinhos de papai, que não devem fazer a cama em que dormiram.

Os papais pagaram as melhores escolas e os melhores cursos propedêuticos para entrar no Ministério Publico Federal.

Foram ali admitidos, muitas vezes, antes tirar passaporte ou carteira de motorista.

Nunca subiram uma favela.

Nunca foram a Mato Grosso.

Não leram Os Sertões, Casa Grande, Os donos do poder, o velho Graça, Lima Barreto, o Sermão dos Peixes, Celso, Caio Prado, Florestan, o Trato dos Viventes do Luiz Felipe de Alencastro.

E não tem opinião sobre se Capitu traiu Bentinho ou não.

“Não fala com pobre, não dá mão a preto, não carrega embrulho”, segundo o imortal Billy Blanco.

E são de uma formidável ignorância seletiva, diria o Youssef.

Qual é a ideologia de um bravateiro ?

– o Estado é grande demais !

– o Estado é corrupto !

– só eu posso salvar o Estado !

Pois, se tem uma coisa de que eles não entendem é de Estado !

De Estado nacional, essa engenhoca que Richelieu e uns desavisados criaram em Westphalia, tempos atrás.

Não tem a menor ideia do que fizeram os Bandeirantes, os verdadeiros Pais Fundadores do Brasil (sobre “Pais Fundadores”, veja em tempo).

Que enfrentaram os espanhóis, o Vaticano e rasgaram Tordesilhas.

Se um bandeirante caísse nas mãos de um bravateiro desses estava frito.

Ia parar na Guantánamo do Dr Moro.

E muito menos os bravateiros captam o que seja o “Interesse nacional”.

Não sabem o que fez o Barão do Rio Branco…

Com eles e sem eles, será feito um Proer das empreiteiras, porque “A Engenharia é Nossa!

O caminho do Inferno é feito de muitos Messias !

 

Do Conversa Afiada

A mais recente bravata dos Procuradores fanfarrões foi cobrar  das empreiteiras mais do que roubaram nos negócios do cartel com os corruptos que trabalhavam na Petrobras:

Brasília – Enquanto não sai a lista pedindo ao Supremo Tribunal Federal (STF) o indiciamento dos políticos envolvidos na Operação Lava Jato, o Ministério Público Federal (MPF) adiantou os trabalhos com as ações de improbidade administrativa e pedido de ressarcimento a algumas das empresas incluídas no caso. O MPF ajuizou cinco destas ações no início da tarde de hoje (20): contra as empresas Camargo Corrêa, Sanko, Mendes Júnior, OAS, Galvão Engenharia, Engevix e seus executivos. No total, estão sendo cobrados de R$ 4,47 bilhões.

O coordenador da força-tarefa Lava Jato do MPF, o procurador da República Deltan Dallagnol, informou que “as ações propostas materializam a convicção do MPF de que todos, numa República, devem ser punidos igualmente, na proporção da gravidade de seus atos e culpas”. Segundo Dallagnol, a corrupção pode ser vista como uma decisão embasada em custos e benefícios. “Empresas corrompem porque os benefícios são maiores do que os custos. Devemos inverter essa fórmula.”

http://www.conversaafiada.com.br/economia/2015/02/20/como-anunciado-lava-jato-quebra-empreiteiras/

Sabe quando as empreiteiras vão devolver isso ao Dr Dallagnol, amigo navegante ?

Nunca !

Estava na hora de cobrar isso ?

Não !

Isso ajuda a investigação ?

Pega tucano gordo ?

Não e não !

Os critérios que o MPF adotou para chegar a esses números se baseiam em que cálculos, em que delação ?

Quem fez os cálculos ?

Quem delatou ?

Ou seja, trata-se de uma bravata !

Mas ver de quantas bravatas se faz uma denuncia de tucano gordo …

No Globo se tem uma ideia do que pensa o Procurador bravateiro, que comanda a “Força Tarefa”, Deltan Dallagnol, de 34 anos:

http://oglobo.globo.com/brasil/nova-face-do-mp-declara-guerra-contra-impunidade-14811983#ixzz3STZG9CAc

Dallagnol mostrou não concordar com a opinião da presidente Dilma Rousseff, que havia declarado, em setembro, depois de Janot ter negado acesso ao depoimento do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, que “não é função da imprensa fazer investigação e sim divulgar informação”. Para o procurador, a “imprensa é uma aliada” para divulgar as investigações feitas pelo Poder Judiciário:

— Nós (nós, quem, cara pálida ? A Globo ? – PHA) estamos em uma guerra contra a impunidade e a corrupção. E a imprensa (a Globo ? – PHA)  é uma aliada nessa guerra. Hoje, nós conversamos (sic) com aliados. (É você quem vaza as informações, Dr Dallagnol ? – PHA) A imprensa nos auxilia não só na investigação dos fatos e levando o conhecimento dos fatos apurados até as pessoas, mas a imprensa também veicula a voz (que voz, a dos filhos do Roberto Marinho ? – PHA)da sociedade, que clama por Saúde, por Educação, e por Saneamento Básico, que são direitos fundamentais violados por cada (sic – olha a cacofonia, Dr Dallagnol ! – PHA) ato corrupto.”

Que imprensa, Dr ?

A Fel-lha ?

O detrito solido de maré baixa ?

E aquele que transforma o detrito solido em Chanel #5, o  jornal nacional ?

Essa fala do Procurador não lembra o  Aécio no debate da Globo: “sinto no peito o clamor do povo brasileiro (do Leblon)!”

“A sociedade clama !”…

A sociedade a que o senhor se refere são os 54% que elegeram a Dilma, Dr  Dallagnol ?

Compartilhe nossa pagina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *